Menu >> Início | Quem somos | Catálogo | Comprar | Download de textos | Notícias | Contato
Veja adentro

Título: Formación de la familia paraguaya.
Título: Vol. I. Los inmigrantes
Assunto: História da familia paraguaia, fontes
Autores: Margarita Durán Estragó, Martín Romano García
Formato: 16x23
Número de páginas: 730
Editora: El Tiempo de Historia 2011
ISBN: 9789996760976
Compre no Brasil / Compre fora do Brasil

Margarita Durán Estragó, Martín Romano García

Formación de la familia paraguaya. Vol. I. Los inmigrantes

Os Editores:
Título: LA obra está dividida em capítulos que correspondem a cada um dos livros que constam no registro do Arcebispado e cujo título original é um elenco de datas. Estas datas às vezes se sobrepõem, como no caso do livro 1776-1829 e do seguinte, 1776-1807. Dentro de cada livro/período, os expedientes não seguem necessariamente uma ordem cronológica. Por isso, na procura deve-se olhar todo o capítulo. O número de folha mencionado em cada expediente refere-se somente ao livro correspondente. Isto é importante para quem deseja consultar os expedientes originais na Cúria, onde se encontrarão certamente muitos dados adicionais..
Título: Um parágrafo especial é dedicado aos contratantes brasileiros que aparecem em grande número a partir da ocupação de Assunção em 1869 e 1870, e que eram obrigados a abrir expediente de estado de solteiro. Destacamos duas observações:
Título: - Temos que considerar a prática brasileira de usar o sobrenome materno primeiro e o paterno depois. No entanto, no uso castelhano é o sobrenome paterno que é transmitido. Assim, por ter nascido no Rio de Janeiro, Bernardino Bastos Wasmosy é filho de José Wasmosy e Ramona Bastos, e seus filhos com Norberta Carmen Velilla chamaram-se, segundo o uso local, Wasmosy Velill.
Título: - No Brasil estava generalizado o uso de “nomes de devoção” como: Maria das Chagas (segundo as chagas de Jesus), Teresa da Conceição e semelhantes. Embora isto era mais comum entre as mulheres, ocorre também com homens. Nesses casos, tais nomes tomavam o lugar dos sobrenomes sem sê-lo. Algumas vezes, o costume acabava impondo-os como tais, como no caso de Pereira da Luz, o nome citado “Chagas” e outros, e há a possibilidade de alguns figurarem nos expedientes já convertidos em sobrenomes e assim serem transmitidos à descendência.
Título: Os lugares geográficos também merecem explicações. Em alguns casos estão agregadas ao texto original, mas há algumas observações genéricas que devem ser levadas em conta desde o início:
Título: Entre 1867 e 1918, o Império Austro-Húngaro reuniu uma dúzia de nacionalidades em territórios que hoje incluem a Áustria, Hungria, Romênia, parte da Itália, Polônia, Eslováquia, República Tcheca, Ucrânia e Croácia, entre outros. Correspondentemente há várias menções à Dalmácia (na Croácia) e à Itália (Tirólia) que figuram como Áustria.
Título: Também a menção da Síria não se refere ao país atual, mas ao Protetorado Francês sobre a “Grande Síria” entre 1920 e 1946 e do qual surgiram a Síria, o Líbano e Israel. Por isso, ao referir-se a Beirute, colocava-se em alguns expedientes “Síria”, enquanto esta cidade é hoje a capital do Líbano. Antes de ser protetorado francês, a “Grande Síria” era parte do Império Otomano, cujo núcleo era a atual Turquia. Por isso, os imigrantes sírio-libaneses eram muitas vezes genericamente chamados de “turcos” pela população local que preservava a lembrança da divisão política anterior a 1918, quando se desmembrou o Império.
Título:

SolteriaSolteria 1870 I

305 João Celestino da Silva* [número único de registro, nombre del novio, edad al sustanciar el expediente]
Lugar de nacimiento: Brasil - Alagoas
Domicilio: Humaitá - Paraguay
Padres: Manoel Baptista Vieira e Inés María da Conceição (fallecidos)
Novia: Dolores Gazeth (18)
Lugar de nacimiento: Paraguay - Villeta
Domicilio: Catedral - Asunción
Padres: Francisco Jiménez y Hovilán Gazeth (fallecidos)
Testigos: José Alberto Rodríguez y Feliciano Barboza (brasileños)
Fecha: 18/07/1870
Fojas: 152 - 153
Observaciones: * cabo de escuadra; documento en portugués
[datos que se consideraron relevantes o de interés]

SolteriaSolteria 1914-1915 I

2084 Milcíades Casabianca (30)
Lugar de nacimiento: Paraguay - Itauguá
Domicilio: La Encarnación - Asunción
Padres: Francisco Casabianca y Carmen Decoud
Novia: Leónidas Resoagli (18)
Lugar de nacimiento: Argentina - Corrientes
Domicilio: Catedral - Asunción
Padres: Antonio Resoagli (fallecido) y Filomena Díaz
Testigos: Filomena Díaz (47), paraguaya
Fecha: 29/04/1915
Fojas: 34-35 v.
Observaciones:

Português | Español | English
R$ 298,00