Menu >> Início | Quem somos | Catálogo | Comprar | Download de textos | Notícias | Contato

Título: Culturas Indígenas
Assunto: Estudos antropolôgicos e etnológicos
Assunto: sobre os povos indígenas das terras baixas sulamericanas
Compilador: José Zanardini
Formato: 16x22
Número de páginas: 622
Editora: CEADUC 2013
ISBN: 9789996767203
Compre no Brasil / Compre fora do Brasil

Título: Devido à sua localização geográfica, com uma selva impenetrável e com seus habitantes originários de múltiplas línguas e culturas, o Paraguai permaneceu desconhecido por muitíssimo tempo. As primeiras informações chegaram até nós através de missionários, conquistadores, viajantes e aventureiros. Trata-se de uma ilha rodeada de terra, como se costuma dizer, atravessada de norte a sul pelo rio Paraguai que divide o país em duas partes, diferentes por sua geologia e pelos sistemas ecológicos, culturais e linguísticos.
Título: Apesar de quase quinhentos anos de dificuldades, hostilizações e marginalizações, sobrevivem dos povoadores originários, anteriores à chegada dos espanhóis em 1537, ainda vinte povos (etnias ou nações) com línguas e culturas diferentes, dispersos no território paraguaio em quase quinhentas comunidades ou aldeias. Suas línguas agrupam-se em cinco famílias linguísticas, e com suas diversidades, esses povos constituem uma grande riqueza para o Paraguai e fazem dele um país pluricultural e pluriétnico.
Título: Durante o período da independência – a partir de 1811 – e  durante todo o século XIX e parte do século XX, os indígenas foram pressionados para se integrarem e fazerem parte do campesinato paraguaio, diluindo suas características culturais próprias para convertê-los em “cidadãos” segundo os padrões da sociedade paraguaia.
Título: Neste contexto basta lembrar do decreto do presidente Carlos Antonio López de 1848, por meio do qual foram confiscadas todas as terras e patrimônios indígenas em troca de seu reconhecimento como “cidadãos”. Contudo, os povos indígenas sobreviveram até os nossos dias aos assaltos sofridos com uma clara consciência de suas respectivas identidades e culturas.
Título: No grupo de antropólogos que se dedicaram aos povos indígenas sobressaem, por sua entrega e abundância de publicações, três gigantes: León Cadogán, Branislava Susnik e Miguel Chase-Sardi. Os três, que já não estão entre nós, deixaram uma quantidade surpreendente de artigos e livros que nos permitem uma  aproximação respeitosa à vida e às culturas indígenas.
Título: Neste livro publicamos alguns artigos selecionados do “Suplemento Antropológico” que nos parecem de interesse para estudiosos, docentes, estudantes, estrangeiros e leitores em geral.

Títul o: José Zanardini
Título:

Sumário:
Presencia Guaraní en el Suplemento Antropológico (Bartomeu Melià)
Fragmentos del folklore guaireño (León Cadogán)
Los Maká (Branislava Susnik)
Economía Nivaclé (Miguel Chase-Sardi)
Los pueblos de índios y su desintegración en el siglo XIX (José Antonio Gómez-Perasso)
Los valores culturales de un pueblo y sus proyectos de desarrollo (José Seelwische)
Introducción al chamanismo chaqueño (Walter Regehr)
Reproducción, matrimonio y familia de los aborígenes del Paraguay (R. Moreno Azorero y L. Gini)
La fiesta de la Asojna o el cambio de las estaciones entre los Ayoréo del Chaco Boreal (Bernd Fischermann)
Introducción a los mundos sonoros ayoreo: referencia, etnografía, textos de cantos (Jean Pierre Estival)
Los pueblos del Gran Chaco y sus lenguas, primera parte: los Enlhet-Enenlhet del Chaco Paraguayo (Alain Fabre)
De la construcción del bilingüismo nacional: el estudio de Joan Rubin de los años sesenta (Hedy Penner)
Fundamentos etnológicos e históricos de nuestra identidad nacional (Sinforiano Rodríguez Doldán)
Lenguas indígenas del Paraguay (José Zanardini)
León Cadogán y la lengua guaraní (Bartomeu Melià)

José Zanardini (ed.)

Culturas Indígenas

Português | Español | English
R$ 267,00